Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

06/10/2011

Tchang!

Comment l’amitié déplaça les montagnes
Jean Michel Coblence (texto)
Tchang Yifei (documentação e informação)
Éditions Moulinsart (Bélgica, Março de 2003)
225 x 225 mm, 192 p., cor, brochado com badanas
31,50 €

Hoje, dia 17 de Março*, as Éditions Moulinsart vão apresentar o livro “Tchang! Comment l’amitié déplaça des montagnes”, uma completa biografia de Tchang-Tchong Jen, o amigo chinês de Hergé. O seu lançamento é a primeira grande edição daquilo que se convencionou chamar o “Ano Tintin”, iniciado no passado dia 3 de Março, com o assinalar dos 20 anos da morte de Hergé e que se concluirá em Janeiro de 2004, quando se celebrarão os 75 anos da publicação da primeira prancha das aventuras de Tintin.
De Tchang, até hoje, apenas se conhe-ciam os aspectos da sua vida relacionados com Hergé: o encontro dos dois, em 1934, quando o abade Gosset sugeriu a Hergé que se documentasse sobre a China, antes de para lá enviar Tintin; a sua contribuição para a história e a escrita dos caracteres chineses reproduzidos em algumas legendas de “O Lótus Azul”; a sua inclusão, como personagem, neste álbum, ao lado de Tintin; o seu salvamento, após um desastre de avião, em “Tintin no Tibet” (1958), cujo trama tem por base a grande amizade entre as duas personagens de papel e serviu a Hergé para expurgar fantasmas pessoais; o seu reencontro com Hergé, em 1981, após longos anos de contactos diplomáticos para que as autoridades chinesas o autorizassem a sair do país.
O livro lançado cinco anos após a sua morte, a 10 de Outubro de 1998, para além de aprofundar estes aspectos, revela especialmente o homem e o artista (pintor e escultor), por trás do homónimo do amigo de Tintin, em paralelo com as mudanças que sofreu a China na qual viveu durante quase um século (1907-1998) e que afectaram sobremodo a sua existência, passando de autor conceituado e respeitado a proscrito pela Revolução Cultural de Mao Tsé-tung.
“Tchang!”, tem quase duzentas páginas profusamente ilustradas com fotos, documentos e desenhos de Tchang e Hergé, e é da autoria de Jean-Michel Coblence, historiador e apaixonado pelo extremo oriente, e de Tchang Yefei, uma das filhas de Tchang-Tchong Jen.

Hergé desenhou-se a ele próprio e a alguns colabora-dores (Bob de Moor, E. P. Jacobs) como figurantes de diversos álbuns de Tintin e muitas das suas personagens foram inspiradas em pessoas reais. Mas apenas duas figuraram nos álbuns com o seu próprio nome: Al Capone, que Tintin enfrenta e derrota em “Tintin na América”, e Tchang-Tchong Jen, que Hergé introduziu em “O Lótus Azul”, e que recuperou, mais tarde, em “Tintin no Tibete”. E dos dois, por razões compreensíveis, apenas Tchang autografou os álbuns em que surge ao lado de Tintin.

(* Texto publicado originalmente no Jornal de Notícias de 17 de Março de 2003)

3 comentários:

  1. Agradeço o convite para dar uma sugestão a respeito do Tintin.
    Indico o tema Tintim e os carros.
    Comprei recentemente um livro Tintin, Hergé et les Autos, das edições Moulinsart. É interessante e há muita coisa que se pode dizer sobre este assunto.
    Existe um sítio bastante completo cujo endereço é:
    http://dardel.info/tintin/index.html
    Vale bem a pena ir lá.
    cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. Acho essa ideia muito interessante, visto que Tchang era uma personagem real conhecida de Hergé!
    Conhecer mais profundamente o homem com um livro deste género, acho o máximo!
    :)

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Caro Zé Dias da Silva,
    Agradeço a sugestão e posso dizer-lhe que já tenho um texto preparado sobre esse livro, para entrar um dia destes. Já conhecia o site, que é um bom complemebto a essa edição e também à colecção Os Carros de Tintin que a Planeta DeAgostini lançou em Portugal há alguns anos.

    Bongop,
    Sem dúvida que esta obra, uma biografia muito ilustrada de Tchang, ajuda a conhecer melhor aquele que foi, possivelmente, a maior e principal influência no desenvolvimento na obra de Hergé.

    Boas leituras de Tintin para os dois!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...