Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

30/11/2013

Leituras nas bancas – Novembro

Edições periódicas de banda desenhada este mês disponíveis nas bancas portuguesas.









DC Comics em Novembro

(Panini Comics)

A Sombra do Batman #9 

Batman #9 

Lanterna Verde #9

Liga da Justiça #9

 Superman #9 

Universo DC #9

Marvel em Novembro

(Panini Comics)

Avante Vingadores #59 

Homem-Aranha #135

Os Novos Vingadores #110
 

Universo Marvel #33 

Wolverine #99 

X-Men #135 

Turma da Mónica em Novembro

(Panini Comics)

Almanaque da Mônica #39 


Almanaque do Cascão #39

Almanaque do Cebolinha #39

As Melhores Histórias do Pelezinho #4

Cascão #77 


Cebolinha #77

Chico Bento n#77

Colecção Histórica Turma da Mônica #35

 Grande Almanaque da Turma da Mônica #13

Historinhas de Duas Páginas Turma da Mônica #8 

Magali #77

Monica Teen #7

Mónica Joven #7

Mônica #77

Mónica y su Pandilla - Turma da Mónica em Espanhol #26

Monica’s Gang - Turma da Mónica em Inglês #26

Neymar #2

Pelezinho Passatempos Divertidas #2

Ronaldinho Gaúcho #77

Turma da Mónica – Saiba mais #68 – História do teatro

Turma da Mônica – Uma aventura no parque #77

Turma da Mônica Jovem #59

29/11/2013

Super-Heróis DC Comics – Série II #1 – Super-Homem: Homem de Aço










John Byrne (argumento e desenho)
Dick Giordano (arte-final)
Tom Ziuko (cor)
Levoir/Sol
Portugal, 29 de Novembro de 2013
170 x 260 mm, 176 p., cor, cartonada
8,90 €


De uma forma simbólica, este é, possivelmente, o livro ideal para iniciar esta nova vida dos Super-Heróis da DC Comics, que hoje começa, agora albergados numa nova casa, o semanário Sol, durante (pelo menos) dez semanas.
Este Homem de Aço - que compila os seis números da mini-série Man of Steel, de 1986 - marca a actualização da origem do Super-Homem, num bom trabalho de John Byrne, após uma série de sucessos na Marvel, com os X-Men, Quarteto Fantástico ou Tropa Alfa.
[No entanto, a perda de popularidade (e das consequentes vendas) não foi suficientemente estancada, o que veio a originar, há coisa de 20 anos, a longa e penosa trapalhada que fez o Super-Homem morrer, passar pelo limbo e ressuscitar. E se em termos de BD essa fase é algo para esquecer, em termos meramente comerciais (o que na verdade interessa a quem edita comics de super-heróis) esse foi um grande sucesso da DC Comics que relançou o herói junto de um público que o estava a esquecer.]
Memórias à parte, esta actualização operada por John Byrne, a par da modernização do traço – arejado e bastante limpo - e dos conceitos originais, aqui mais próximos do que os comics de super-heróis eram em meados dos anos 80 e ao encontro do que os leitores esperariam, define em centena e meia de páginas o que iria ser o novo Super-Homem.
Assim, após Jonathan Kent contar ao filho (adoptivo) como o encontrou, este decide trocar Smalville por Metropolis, para de alguma forma encontrar o seu lugar, e, após um salvamento ‘à civil’, em que conhece Lois Lane, opta por preservar a sua identidade ‘costurando’ o fato que (re)conhecemos e optando -  num (re)apelo à ingenuidade dos leitores - pelos óculos e penteado diferente para diferenciar o ser mais poderoso da Terra do apagado Clark Kent.
De seguida, o Byrne argumentista brilha mais, ao balizar o seu percurso – em que Clark assume várias vezes o protagonismo – através dos primeiros contactos com Lois Lane, Batman, Lex Luthor, Bizarro e Lana Lang, sendo o conjunto de impressões e influências que recebe e exerce em cada um o que vai levar o leitor a intuir o seu carácter e motivações. 

28/11/2013

Tsunami











Stéphane Piatzszek (argumento)
Jean-Denis Pendanx (desenho)
Futuropolis
França, 8 de Novembro de 2013215 x 290 mm, 112 p., cor, cartonado
20,00 €


Este foi um caso de sedução à primeira vista. Mal folheei Tsunami, fiquei prisioneiro do traço e das cores de Pendanx e, sem resistir, esqueci o monte (que alternadamente vai crescendo e mingando) de leituras (mais ou menos) urgentes que tenho para fazer.
Em boa hora o fiz, pois a sedução que o desenho exerceu, estendeu-se ao argumento, num relato poético e sensível, que apela mais às emoções e à contemplação do que à adrenalina.
História que podia ser real, narra a chegada de Romain à ilha de Sumatra, na Indonésia, nove anos após o tsunami que devastou aquela região do globo.
Tem apenas 24 anos e chega em busca da irmã, com quem a diferença de idades – ela é 16 anos mais velha – nunca permitiu grande intimidade; irmã que desapareceu sem deixar rasto nem dar notícias, após um período de voluntariado ao serviço de uma ONG, para auxiliar as vítimas daquela tragédia natural.
Sem nunca ter saído de França, de certa forma ainda a despertar para a vida de adulto, Romain vai deparar com um país – que pensa conhecer de cor pelas muitas fotografias que viu mas que se vai relevar um imenso mistério que ele terá de desvendar – ainda a braços com as consequências do tsunami, a principal das quais será as muitas vítimas que ficaram por encontrar e a quem não foi possível fazer o funeral.
Entre as dificuldades de uma língua diferente, de uma geografia diferente feita de inúmeras ilhas e ilhotas, de uma forma de estar diferente e de hábitos e tradições culturais totalmente diferentes, Romain, a par de uma relação tumultuosa com Jessie, experiências com drogas e algumas ajudas inesperadas, vai crescer, descobrir uma faceta que desconhecia na irmã e o segredo que a levou a desaparecer.
Para narrar esta busca – que se revela dupla, da irmã, desaparecida, e de si mesmo, num percurso iniciático – Piatzszek opta por um registo poético, sensível e de uma enorme ternura – mas não lamechas – dando a Romain tempo para crescer e passando ao papel desenhado, com uma naturalidade desarmante, aspectos sobrenaturais – estranhos para nós europeus – das tradições indonésias relacionadas com o culto dos mortos e a condução para o céu das almas perdidas.
O desenho – num regresso circular ao princípio deste texto – se nem sempre apresenta as devidas proporções, é de uma imensa harmonia com o tom do registo, alternando sequências gráficas narrativas com belíssimas ilustrações de página inteira que deslumbram e apelam à contemplação, ao mesmo tempo que conseguem transmitir uma sensação de paz interior e tranquilidade que apetece pelo contraste que apresenta com a correria do nosso quotidiano. 


27/11/2013

Spaghetti- Intégrale #2 e #3

















René Goscinny (argumento)
Dino Attanasio (desenho)
Le Lombard
França, Agosto e Outubro de 2011
220 x 295 mm, 144 p., cor, cartonado
25,50 €


Se, como já escrevi aqui, sempre considerei esta uma série menor no contexto criativo do grande Goscinny e, também, de certa forma, no conjunto das grandes séries humorísticas franco-belgas, a leitura do segundo integral sublimou a boa impressão deixada pelo primeiro e deixou-me completamente rendido às desventuras do pequeno e simpático Spaghetti e do seu insuportável primo Pomodoro. O que a leitura do terceiro tomo - comprado por 5 € em saldos recentes da FNAC! – apenas veio confirmar.
Isso deve-se, fundamentalmente – e sem desprimor para o bom trabalho gráfico de Dino Attanasio - à forma como Goscinny orquestrava e desenvolvia ideias e situações aparentemente banais, acumulando peripécias, fazendo suceder os gags e as confusões a um ritmo avassalador, explorando-as até limites inimagináveis, brincando com as palavras e as expressões (aqui de forma sublime ao reproduzir o sotaque italiano dos dois protagonistas), levando ao limite o esmiuçamento das suas características intrínsecas, demonstrando porque é, ainda hoje, um dos maiores humoristas de língua francesa de todos os tempos.
Algo a comprovar, pela (re)leitura destas (ou doutras) histórias de Spaghetti, de preferência na língua original, sempre para prazer e gáudio do leitor.

26/11/2013

Leituras Novas – Novembro de 2013

Os textos, quando existem, são da responsabilidade das editoras, com alteração para a grafia pré-Acordo Ortográfico da responsabilidade de As Leituras do Pedro.
Algumas das edições aqui apresentadas podem ter sido editadas anteriormente,
mas só agora tomei conhecimento delas.

ASA
As Águias de Roma: Livro IV
Marini
As runas já o haviam anunciado: ele era aquele que iria unir as tribos da Germânia. Mesmo que para isso tivesse de trair Roma, que tudo lhe deu, que fez dele o homem que ele é agora.
Armínio vai então desafiar o império romano. E Marco vai afrontar Armínio, o seu irmão de sangue. Assim se cumprem os destinos, desprezando a história e a amizade. E, quem sabe, também o amor… Porque, embora Marco seja soldado e romano, quem vive no seu coração não é o império, mas sim Priscilla. Priscilla que, mais uma vez, parece escapar-lhe.
Renunciará ele à sua amada e àquele filho que chama «pai» a outro homem?
•Série histórica que retrata o período do Império Romano, recheada de aventuras, combates e intrigas.
• Marini é considerado um dos grandes nomes da nova geração.
•Vai ser editado em simultâneo com a edição francesa.


Associação Tentáculo
Zona Gráfica #3
Ana Oliveira (autora entrevistada neste número), Aleksander Stevanov, António Valjean, Caio Majado, Carla Rodrigues, Carlos Rocha, César Évora, Décio Ramirez, Elisa de Sousa, Fil, Flávio Almeida, João Raz, Luís Figueiredo, Magnus, Márcio Martins, Matheus Moura, Melina França, Miguel Peres, Miguel Santos, Milena Azevedo, Nuno Ribeiro, Pedro Carvalho, Quico Nogueira, Rui Alex, Sérgio Mousinho, Sónia Brochado, Wendell Cavalcanti, Xico Santos
Este número, como todos os que têm o subtítulo Gráfica, não tem tema definido, e é composto por 104 páginas, 30 a cores e 74 a preto e branco.
Conta com a participação de 28 autores, nacionais e estrangeiros, dos quais 12 participam pela primeira vez na Zona.
A capa desta vez é da autoria do António Valjean.
O livro pode ser adquirido directamente à Associação Tentáculo através deste e-mail zona.bd@gmail.com e em breve nas lojas do costume.
Nas compras directas à Associação Tentáculo, o envio para território nacional é feito gratuitamente.
Os sócios têm desconto mínimo de 15%.


Clube do Autor
Ofélia
Julieta Arroquy


Insónia
No presépio…
José Pinto Carneiro e Álvaro
O Presépio é tão bonito, tão inspirador. É uma representação pura da paz, do amor, dos valores fundamentais da vida em comunidade. Mas isso é porque os elementos que compõem esse presépio estão sempre calados e normalmente são de barro. Eis, na Banda Desenhada “No Presépio…”, o verdadeiro e genuíno presépio vivo. O Zé, a Maria, o Burro, a Vaca e o Menino no seu quotidiano exuberante, dramático, corriqueiro, cómico, parvo… Principalmente parvo.
40 páginas.
Preto e branco.
24 x 17 cm.
Brochado9 euros
(despesas de envio incluídas em envios para Portugal)
Encomendas





La Imprenta (Uruguai)
Príncipe Valiente
Harold R. Foster
Ya está impreso (con la calidad de siempre) y está siendo encuadernado el noveno volumen ­– “Los Guerreros de Hierro” – de la más estimada edición de la obra de Hal Foster, producido por Manuel Caldas para la editorial La Imprenta, de Uruguay. Por lo tanto, puede pedirse y pagarse hoy mismo, pues semana que viene empezará el empaquetamiento de los ejemplares.
El precio sigue siendo de 25 Euros, más gastos de correo certificado (6 Euros por un ejemplar, 8.50 por dos, 11.50 por tres, 13.50 por cuatro y 15 por cinco o seis). Puede pagarse por transferencia bancaria, Paypal (de preferencia hágalo como “personal”/“other” o "Voy a enviar dinero a familiares o amigos"), giro postal o Western Union.
La única forma de pago que nunca tiene costes para el cliente es Paypal, así que si no tiene Paypal vale la pena buscar un amigo que lo tenga y pueda pagar por usted. Respecto a transferencias, hay bancos que no cobran nada dentro de Europa, otros que cobran un poco y otros (¡cuidado!) que cobran muchísimo.
Atención: para los primeros 100 pedidos hay un regalo: una cartulina con la reproducción de una viñeta (la quinta de la plancha 464) reproducida del original y a tamaño real.
Los incondicionales de “Príncipe Valiente” pueden aprovechar para enviar 5 Euros más para adquirir una reproducción facsímile de un folleto producido en 1958 por King Features Syndicate para promoción de la serie. Como puede verse en las fotos de abajo, en él se reproduce una página de “Prince Valiant” en color y con el tamaño de los periódicos.
¡Y viva el Príncipe Valiente (de Foster)! 


Polvo
Comic Transfer
Till Lassman e Ricardo Cabral
COMIC-TRANSFER resulta de um intercâmbio artístico luso-alemão, sob a égide do Goethe-Institut Portugal.
Teve o seu início com o artista português Ricardo Cabral, que visitou a Alemanha durante duas semanas, em meados de Julho de 2012, passando primeiro por Hamburgo e depois por Berlim, com uma curta passagem pelo Festival de Desenho de Stralsund.
Seguiu-se a visita do parceiro de intercâmbio Till Laßmann a Portugal, em Outubro de 2012. Till Laßmann começou a sua viagem no Porto, seguindo depois para Lisboa.
Nas páginas deste livro estão reunidas as suas visões, que reflectem a forma como vemos os outros e como os outros nos vêem a nós, as experiências e impressões das cidades visitadas, através do dia-a-dia dos habitantes, dos locais mais apetecíveis, das mulheres nas idas às compras, das vistas panorâmicas dos telhados, das pessoas nos cafés ou simplesmente a passear ao longo do rio...
Enjoy.
Formato: 230 x 165 mm
Páginas: 168, a cores
Capa: a 4 cores, com badanas
PVP (IVA n/incluído): 18,87 euros


Quarto de Jade
Os Labirintos da Água
Diniz Conefrey
Esta nova edição do Quarto de Jade apresenta três adaptações realizadas por Diniz Conefrey em banda desenhada, incluindo o texto original de (uma ilha em sketches). As outras duas sequências visuais que este livro contem passam pela adaptação do texto “Aquele que dá a vida” e “A Máquina de Emaranhar Paisagens”, este ultimo ausente na primeira edição destes trabalhos, com o título Arquipélagos (Edições Íman, 2001). Os Labirintos da Água encontra-se disponível na loja do site Quarto de Jade e convidamos  todos os interessados a visualizar a exposição virtual relativa a este livro, com o título Brancos Arquipélagos, na galeria do mesmo site. De resto, as considerações que poderão ser múltiplas encontrarão, de certo, os sentidos mais íntimos no silêncio da leitura interior.
Páginas: 112
Dimensões: 24 x 17 cm
REF: PR-005154
Preço: € 18.00
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...