Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

09/03/2017

Joker, o príncipe palhaço do crime

Antologia





Figura maior do universo DC Comics, apesar de ser um vilão, o Joker foi (acertadamente) escolhido para abrir a colecção No Coração das Trevas DC, exactamente dedicada aos que estão do lado oposto ao Bem - mesmo que este conceito absoluto tenha tantas vezes muito de dúbio…


O presente volume, editado pela Levoir e distribuído hoje com o jornal Público, centrado na origem do vilão – nas suas ‘várias’ origens - é uma espécie de mini-antologia Joker, que permite observar – sob um dos muitos prismas possíveis – o percurso de uma das mais insanas e controversas personagens dos quadradinhos.
À ingenuidade das duas primeiras histórias, escritas há mais de 75 anos por Bob Kane, que introduzem a personagem na série do Homem-Morcego, contrapõe-se a violência despudorada da recente Hora da Macacada – embora aqueles primeiros relatos já tivessem, com outra expressão, uma apreciável violência latente – publicada originalmente em Batman 23.1 (cuja versão brasileira da Panini nunca chegou a Portugal…).
As cinco vinganças do Joker, marca o seu regresso nos anos 1970, após o período de atenuação da violência que a série – e os comics em geral – sofreram devido às pressões provocadas pela instituição do Comics Code Authority.
Quanto ao Homem que ri – que já tinha sido publicada no volume dedicado ao Batman da colecção Os Clássicos da Banda Desenhada – Série Ouro, 2005 – é de alguma forma uma curiosa e conseguida reconstituição de uma das histórias originais, num tom mais negro e policial, ou não fosse o seu escritor Ed Brubaker.
Chego ao final com um regresso às primeiras páginas, para salientar a pequena pérola que constitui A Origem do Joker, que em apenas duas páginas sintetiza com rara intuição quer o percurso, quer a essência insolente do Joker.
Joker que vai regressar em mais dois volumes desta colecção. Pelo menos aparentemente já que se o muito aconselhável Amor louco (a par das outras histórias contidas no volume) faz a ponte entre a BD e a bem conseguida animação Batman The Animated Series, de Paul Dini, do início dos anos 1990, já em O Asilo do Joker ele é apenas o anfitrião de uma série de pequenos contos disfuncionais protagonizados por outros vilões que são hóspedes recorrentes no Asilo Arkham, como Harley Quinn ou o Duas Caras.

Joker: O Príncipe Palhaço do Crime
Colectânea de histórias

A origem do Joker
Countdown Vol 1 #31 (2007)
Mark Waid e Brian Bolland

Batman e Robin
Batman Vol 1 #1 (1940)
Bill Finger, Bob Kane e Jerry Robinson

Batman e Robin: O Joker regressa
Batman Vol 1 #1 (1940)
Bill Finger, Bob Kane e Jerry Robinson

A Vingança do Joker
Batman Vol 1 #251 (1973)
Dennis O'Neil e Neal Adams

O Homem que ri
Batman: The Man Who Laughs (2005)
Ed Brubaker e Doug Mahnke

Joker: Hora da Macacada
Batman Vol 2 #23.1: The Joker (2013)
Andy Kubert e Andy Clarke

Levoir/Público
Portugal, 3 de Março
170 x 260 mm, 148 p., cor, cartonado
9,90 €

(clicar nas imagens para as aproveitar em toda a sua extensão)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...