Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

11/03/2017

Leitura Nova Brasil: Púrpura






(informação disponibilizada pelo autor, Pedro Cirne)

A BD tem oito histórias independentes, cada uma ambientada em um país lusoparlante. Começa em Portugal, a metrópole, e termina em Angola, onde meu pai nasceu (fui para estes dois países enquanto escrevia; sou brasileiro e português).

Minha avó paterna morava no interior de Angola quando contraiu a doença púrpura. Esta BD tem a ver com a cultura lusófona - afinal, minha avó era uma óptima contadora de histórias. Mas também é uma homenagem à cultura lusoparlante. Há, por exemplo, discretas referências à poeta portuguesa Florbela Espanca, à cantora moçambicana Neyma, etc...
Cada história passa por algum significado diferente da palavra púrpura - a cor, o animal, o símbolo de nobreza. Só a doença púrpura não foi "tema" de uma história: esta é uma BD de recomeços. Pessoas enfrentam dramas e, cada qual à sua maneira, lidam com eles. 
Cada história tem uma "capa interna" ou "página de abertura" feita por um artista local. Para encontrar estes ilustradores, entrei  em contacto com a Conexão Lusófona, ONG que publica notícias nos países lusoparlantes, pedindo indicações. Em vez de simplesmente apontarem nomes, eles pediram um artigo sobre o projecto, convidando quadrinistas (ou ilustradores) dos oito países em questão. Achei que poucas pessoas me escreveriam, mas... mais de 600 artistas, de 19 países, escreveram interessados no projecto.
Também pedi ajuda a jornalistas em Guiné-Bissau, bem como à embaixada portuguesa local. Indicaram um quadrinista que era o "pai" das HQs guineenses, mas não usava a internet. Resultado: o roteiro foi enviado para a embaixada, que o imprimiu e o levou à casa de Manuel Júlio. Quando a arte ficou pronta, a embaixada o scanneou e o enviou para o Brasil. Resultado: uma bela página dupla no livro!

"Púrpura" reúne, além de mim, 17 artistas nascidos em países lusoparlantes (ou lusófonos por adopção, como a francesa Elodie): 
·         Cabo Verde: Sai Rodrigues
·         Guiné-Bissau: Dito Buanh e Manuel Júlio
·         Luso-angolanos: Osvaldo Medina e J. Mascarenhas
·         Moçambicano: José Lopes
·         São Tomé e Príncipe: Ismaël Sequeira
·         Timor Leste: Bruna Rosário
·         França: Elodie Lacaze
·         Brasileiros: Clarissa Ricci, Mário César, Wagner Porto e Nemie
·         Portugueses: Tiago Tsou, Tânia A. Cardoso, Kitty Grifo e Fernando Relvas

 

 
DADOS TÉCNICOS
Púrpura
Pedro Cirne de Albuquerque e Mário César
Editora: Sesi-SP 
Número de páginas: 96
Preço sugerido: R$ 42,00
Onde comprar:  Editora Sesi-SP (https://www.sesispeditora.com.br/), Amazon, Quanta Academia de Artes [r. Dr. José de Queirós Aranha, 246, Vila Mariana, São Paulo)], directamente com o escritor Pedro Cirne (pelo e-mail pedrocirne@gmail.com) ou na loja virtual do artista Mário César (http://www.masquemario.net/loja/index.html)

(imagens disponibilizadas pelo autor; clicar nelas para as aproveitar em toda a sua extensão)

2 comentários:

  1. Haverá alguma forma de aquisição para Portugal que não envolva portes de correio poibitivos?
    nota) mandei um mail ao autor (via enderço de mail que o P.Cleto indica) - vou esperar a sua resposta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não te sei responder, pco69. vamos aguardar pela resposta do Pedro Cirne...
      Boas leituras!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...