Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

16/03/2017

Nas bancas: A Guerra do Corpo Sinestro 1





(nota informativa oficial)

A Levoir, o Público  apresentaram no dia 9 de Março a sua nova colecção de banda desenhada, composta por 10 volumes dedicados aos maiores vilões do universo DC, com o PVP de 9,90 € cada volume.
Hoje, 16 de Março, é lançado o segundo volume da colecção: “Sinestro: A Guerra do Corpo Sinestro 1”.

Em A Guerra do Corpo Sinestro, o maior inimigo do Lanterna Verde recebe por fim o seu há muito merecido destaque. Outrora o maior dos Lanternas Verdes, Sinestro tornou-se no seu mais implacável inimigo, movido apenas pelo rancor e desejo de vingança. Mas, agora, revelará o seu novo e terrível propósito, numa saga épica que fez de 'Green Lantern' o título de referência da DC Comics no final dos anos 2000.
“Sinestro: A Guerra do Corpo Sinestro” é um dos títulos mais emblemáticos da nova DC, e também um dos que maior sucesso crítico e comercial obteve. Lançado inicialmente em Junho de 2007, foi nesse mesmo ano nomeado pela Comic Book Resources como uma das melhores obras do ano. Esgotou toda a edição do primeiro número num só dia.
Segundo o IGN.com a história era um “êxito descomunal” e a Newsarama referiu-se à saga como “uma aventura da DC repleta de acção”.
Escrita por Geoff Johns, também ele considerado um dos melhores escritores de 2007, viu também Ethan Van Sciver, um dos desenhadores da saga, ser nomeado para um prémio Eisner pelo seu trabalho em Guerra do Corpo Sinestro.
A título de curiosidade, o aspecto de Sinestro foi inspirado na figura do actor britânico David Niven.
  
  
No Coração das Trevas DC
Volume 2 – Lanterna Verde: A Guerra do Corpo Sinestro 1
16 de Março, com o jornal Público - 9,90 €


(imagens disponibilizadas pela editora; clicar nelas para as apreciar em toda a sua extensão)

8 comentários:

  1. Já tenho a minha edição e irei lê-lo mais logo, mas já o desfolhei e foi com alguma tristeza que verifiquei que esta edição não contêm a habitual nota introdutória. Espero que seja caso único porque é algo que aprecio muito nas edições da Levoir.

    ResponderEliminar
  2. É verdade. Estou de acordo com a opinião anterior. Os textos introdutórios de explicação e integração no rumo da história do personagem e de certas curiosidades são também muito do meu gosto e enriquecem qualquer edição. Certamente terá havido razões relacionadas com o número de páginas ou outro assunto qualquer, mas esperemos que seja mesmo caso único. Aproveito para endereçar os parabéns e os agradecimentos a mais uma excelente colecção da Levoir/Público. Uma sugestão: numa próxima colecção editarem o Reino do Amanhã ("Kingdom Come".

    Letrée

    ResponderEliminar
  3. Óptima sugestão a do "Kingdom Come" ;-) e sim, também tenho pena da ausência da nota introdutória, embora estranha-se que a aquela que havia sido feita no livro do Joker pelo José de Freitas falasse de uma forma abrangente sobre a colecção...

    ResponderEliminar
  4. Nesta colecção só há introdução no 1º vol. Não sei se foi por uma questão de custos, se de tempo (a DC leva que tempos a aprovar as introduções, que têm de ser traduzidas para inglês). Terão de perguntar à Levoir.

    ResponderEliminar
  5. Obrigado pelo esclarecimento, esperemos que no futuro voltem as notas introdutórias redigidas com o vasto conhecimento de um joão Miguel Lameiras, de um José Hartvig de Freitas ou de um Pedro Cleto entre outros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço no que me diz respeito, HLM.
      E eu também sinto falta desses textos!
      Boas leituras!

      Eliminar
  6. Este título é fantástico toda esta fase do Geoff Johns devia ser publicado nem que seja 1 vol em cada coleção da dc pois apesar de ser uma fase com uma construção fantástica apresenta de um belo modo o universo do lanterna verde ao público português espero que a levoir tenha isso em consideração nas próximas coleções

    ResponderEliminar
  7. Também eu gostava de ver mais sagas dos Lanternas Verdes como "The Darkest Night" e "The Brightest Day" e claro do Flash.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...