Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

13/06/2017

Leitura Nova: Michel Vaillant - Rebelião


(nota informativa disponibilizada pela editora)

Quando a realidade e abanda desenhada se encontram: Michel vaillant este ano nas 24 horas de Le Mans!
Este ano, o icónico piloto de BD não só se prepara para viver novas aventuras em livro como estará presente ao vivo nas 24 Horas de Le Mans! No seu novo álbum, intitulado Rebelião, disponível a partir de [hoje] 13 de Junho, Michel Vaillant regressa em grande a uma das mais tradicionais corridas automobilísticas do mundo e principal prova do Campeonato Mundial de Endurance da FIA.

Mas estará também presente na verdadeira prova, no circuito francês de Sarthe, em França, nos próximos dias 17 e 18 de Junho.
Com efeito, Philippe Graton, filho de Jean Graton (criador da personagem Michel Vaillant em 1957), e Jean-Louis Dauger, Director de Marketing da marca Vaillant, estabeleceram uma parceria com a equipa suíça Rebellion Racing para inscrever nas 24 Horas de Le Mans e em toda a temporada 2017 do WEC, na categoria LMP2, dois carros Vaillante, cuja designação oficial é Vaillante Rebellion.
Os novos chassis Oreca 07 com motor V8 Gibson serão pilotados por duas equipas de peso: Nicolas Prost, Bruno Senna e Julien Canal no carro nº 31; Nelson Piquet Jr, Mathias Beche e David Heinemeier Hansson no carro nº 13.
Os carros, pintados com as corres da Vaillante na banda desenhada e com o famoso logotipo em V, têm o patrocínio da Motul, empresa líder no fabrico de óleos de motor e lubrificantes industriais de alta performance
Não perca o maior acontecimento bedéfilo-automobilístico do ano 2017!

REBELIÃO
A esperança a que se agarrava a família Vaillant cai definitivamente por terra: Jean-Pierre, irmão de Michel e mítico “Piloto sem rosto”, não consegue sair do coma e a sua morte deixa o clã arrasado e dividido.
Henri, o pai, está decidido a ajustar contas com aquele que ele considera ser o assassino do seu filho: Ethan Dasz, responsável pelo desmantelamento da Vaillante e culpado, aos olhos do patriarca, de ter levado Jean-Pierre a cometer um ato tão desesperado.
É porém nas piores horas que a esperança renasce! Graças ao engenho de Patrick, filho de Michel, um revolucionário modelo da Vaillante é inscrito nas 24 Horas de Le Mans!
Após dez anos de ausência, Michel Vaillant regressa assim ao seu circuito-fetiche, naquela que será porventura a derradeira oportunidade para assinalar o retorno da escuderia Vaillante aos sucessos de outrora.
Mas conseguirá Michel enfrentar as desconfianças que a justiça suíça faz despertar no seio da sua própria família? É que entretanto, em Genebra, as autoridades abrem um inquérito sobre a morte de Jean-Pierre e Michel Vaillant é considerado suspeito. E é com essa nuvem negra a pairar sobre si que o icónico piloto se apresenta na grelha de partida das 24 Horas de Le Mans…
Criado em 1957 por Jean Graton, Michel Vaillant incorpora um ideal: o de um campeão do desporto automóvel que é simultaneamente honesto, leal e corajoso. Membro da equipa Vaillante, fundada pelo seu pai, ele é um piloto excepcional que não hesita em colocar-se em perigo para ajudar os outros, denunciar uma injustiça ou desmascarar fraudes e vigaristas
Michel Vaillant é uma das mais populares séries da banda desenhada franco-belga, com mais de 70 álbuns publicados até à data e mais de 5 décadas de sucesso!
Exaustivamente documentada, sempre na vanguarda da actualidade e desenhada com uma excepcional precisão, esta série dá a conhecer o vibrante mundo do desporto automóvel, ao mesmo tempo que evidencia, com realismo e muita sensibilidade, as relações familiares no seio do clã Vaillant.
Em 2012, após uma profunda reflexão sobre a personagem, Philippe Graton (filho de Jean Graton, o criador) dá início a uma nova temporada da série Michel Vaillant, de que este é o sexto volume.

  
Sobre os autores
Philippe Graton
Argumentista
(n. 1961)
Paralelamente ao fotojornalismo, Philippe Graton esteve desde sempre ligado às aventuras de Michel Vaillant: primeiro colaborando com o pai nas pesquisas e, depois, como editor.
Assina o seu primeiro argumento em 1994 com La Piste de Jade e cria, em 1995, a coleção Les Dossiers Michel Vaillant. Desde então conduz tenazmente os destinos do campeão e zela pela coerência editorial da obra criada pelo seu pai. Em 2012, após uma profunda reflexão sobre a personagem, Philippe Graton dá início a uma nova temporada da série Michel Vaillant, que desde então vem publicando um novo título cada ano.

Denis Lapière
Argumentista
(n. 1958)
Argumentista consagrado com cerca de 100 álbuns publicados, Denis Lapière teve já contacto com a maior parte dos géneros em banda desenhada.
Poucos sabem, porém, que nutre desde a juventude uma paixão fervorosa pelo automobilismo, tendo inclusivamente chegado a competir em algumas corridas nos seus tempos de adolescente. E se mais tarde veio a enveredar pela banda desenhada, nunca esqueceu que uma das suas primeiras séries narrava precisamente as atribulações de um piloto nas célebres Mille Miglia italianas!
Foi portanto com uma sensação de reconciliação com o mundo automobilístico, de que tanto gosta, que Denis Lapière aceitou o convite para co-argumentista da nova temporada da série Michel Vaillant.

Marc Bourgne
Desenhador
(n. 1967)
Marc Bourgne apaixona-se pela banda desenhada ainda em criança, quando, ao ler O Caranguejo das Tenazes de Ouro, descobre a sua vocação.
Estuda História na Sorbonne e consagra a sua tese de Mestrado ao Alasca, que curiosamente virá a ser o palco de duas das suas séries de BD: Être Libre e Frank Lincoln.
À medida que se vai tornando conhecido, o seu traço seguro valeu-lhe o convite para assinar os desenhos de Barbe Rouge e, mais tarde, para partilhar as experiências coletivas das séries Voyageur e IR$ All Watcher. É agora o desenhador principal da nova temporada da série Michel Vaillant.

Benjamin Benéteau
Desenhador
(n. 1985)
Nascido em França, Benjamin Benéteau passa a sua infância e adolescência no Taiti, na Polinésia Francesa, tendo-se depois instalado na Bélgica, a partir de 2002, para frequentar a École Supérieure des Arts Saint-Luc.
Ainda recém-diplomado, desenvolve um primeiro projecto de BD, ao mesmo tempo que Mathieu Reynès o convida para assinar os cenários de um arrojado “thriller” intitulado Alter Ego.
Assume agora a criação dos novos Vaillante e o design dos cenários da nova temporada da série Michel Vaillant.

(imagens disponibilizadas pela editora; clicar nelas para as aproveitar em toda a sua extensão)

6 comentários:

  1. Deve ser das poucas series que ficou tirando os Asterix e Luck Lucks de sempre,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Optimus.
      M. Vaillant, Blake & Mortimer, Astérix e Lucky Luke, aqueles que presumivelmente vendem bem...
      Boas leituras!

      Eliminar
    2. Então e o clássico Tintim? :)

      Eliminar
    3. Mas do Tintim não tem saido nada de novo...

      Eliminar
    4. Por isso não o incluí na relação acima...
      Boas leituras!

      Eliminar
  2. A muito boa ligação BD e Realidade estabelecida por Michel Vaillant.

    http://www.autoportal.iol.pt/desporto/velocidade/vaillante-rebellion-e-desclassificado-e-perde-podio-em-le-mans/


    Na verdade, dasafio o Pedro (e os outros leitores do blog) a descobrirem outro herói de BD que tenha "agido" no mundo real.
    Sendo que na verdade, a personagem Michel Vaillant (na pele de Alain Menu), já venceu mesmo corridas a sério

    https://www.youtube.com/watch?v=S6xYIAG0Htk

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...