Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

13/06/2017

One-Punch Man #1 e #2

 
 Desconcertante

Se a leitura do primeiro tomo de One-Punch Man me tinha deixado meio desconcertado, sem saber bem o que os autores pretendiam, o volume 2 trouxe-me (?) algumas respostas. Boas respostas.
Comecemos por um breve resumo: desmotivado, indolente, desinteressado, cheio de tédio, Saitama, o tal ‘one-punch man’, é um herói atípico. Para se distrair, treinou intensamente durante 3 anos até ficar (literalmente) careca (sic), e assim adquiriu um enorme poderio físico que lhe permite derrotar, com um único soco, todas as ameaças que lhe vão surgindo pela frente, sejam eles monstros, ciborgues, criações de laboratório, criminosos de armadura ou seres subterrâneos…
Apesar disso não se sente realizado. O aparecimento de um discípulo não vem compensar o vazio que sente, parte dele devido ao não reconhecimento dos seus feitos, por parte da população. Descobre então que terá de se inscrever na Associação dos Heróis para poder aspirar ao tal reconhecimento público… e até ser pago pelo seu trabalho!
Desconcertante é o mínimo que se pode dizer de One-Punch Man, com o leitor dividido entre questionar o enredo ou divertir-se com o registo satírico aos super-heróis e aos mangas de luta, embora haja no protagonista também uma componente de desejo de aceitação e de ser útil inerente a muitos adolescentes.
Com a vantagem de ser bem desenhado por Yusuke Mjurata, com um traço expressivo que recorre frequentemente a vinhetas de grande dimensão que pode chegar às duas páginas, o que confere um dinamismo extra ao relato da vida indolente de um herói dividido entre o querer ser útil e que o deixem em paz no seu canto.
Resta saber como será a evolução esta série: manter o actual registo mas cair o risco de se tornar repetitiva ou evoluir (?) e perder as actuais características.
As respostas vêm nos próximos volumes…

One-Punch Man #1 e #2
One (argumento)
Yusuke Mjurata (desenho)
Devir
Portugal, Março/Maio de 2017
126 x 190 mm, 204/208 p., pb, capa mole
ISBN (vol. #1): 978-989-559-373-6
ISBN (vol. #2): 978-989-559-374-3
9,99 €

(imagens disponibilizadas pela editora; clicar nelas para as aproveitar em toda a sua extensão) 

2 comentários:

  1. Por acaso os volumes serão "autoconclusivos"? Ou seja, dá para ler e não sermos "obrigados" a adquirir os remanescentes para seguir a história?
    É que a coisa está classificada como Ongoing....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há alguma sequência, sem dúvida, embora o primeiro se possa ler sozinho. Do segundo para o terceiro já há questões que ficam em aberto...
      Boas leituras!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...