Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

11/01/2018

2017: As escolhas de Bruno Caetano (ComicHeart)


As Leituras do Pedro pediram a vários editores de BD nacionais que sugerissem aos seus leitores (até) três dos livros que editaram em 2017 e, em contrapartida, outros tantos livros de outros editores. Essas sugestões serão publicadas por ordem de recepção das respostas.
Depois de José de Freitas, editor da G. Floy, hoje as escolhas de Bruno Caetano, editor da ComicHeart, com as respectivas justificações.

Edições próprias
Títulos que editei em 2017 é fácil, só editei 3:

TLS Series Cidades / TLS Series Silêncio
Vários autores
O TLS Series é uma colecção dos devaneios artísticos em forma de banda desenhada pelos membros de reputado The Lisbon Studio. Em 2017 foram lançados o "Cidades" e o "Silêncio", e desde já marcam a diversidade e possibilidade dos membros deste colectivo, são livros tão distintos um do outro como as histórias presentes. De banda desenhada autoral e experimental a banda desenhada mais comercial, há aqui algo para toda a gente e com certeza nenhuma das história passará indiferente. 

Hanuram, o Dourado - A Fúria
Ricardo Venâncio
Hanuram, o Dourado, é uma personagem pela qual me apaixonei assim que o seu autor, Ricardo Venâncio, a apresentou. Um valente lutador repleto de qualidades quase tão fortes quanto o seu carácter. Destemido e despreocupado, Hanuram vagueia pelo vasto e rico, universo aqui criado, à procura de conforto e paz, sendo sempre confrontado pelos demónios do seu passado e por decisões muitas vezes erradas que tomou ao longo do seu percurso. Entretém e diverte, cheio de acção e humor, é algo que recomendo vivamente. O segundo já está na forja. 


Outras edições
Alguns do títulos que gostei de ler este ano:

Harrow County
Cullen Bunn e arte de Tyler Crook
G. Floy
Entre a aventura e o terror vai muito, mas não neste universo. Com uma história caoticamente e uma arte distinta pela sua imensa qualidade tanto no traço como na pintura, Harrow County destaca-se. A cada página que viramos há uma sensação de mistério e uma dificuldade em prever o que está para vir. Personagens macabros, ambientes soturnos e maldições marcam este universo e o passo desta interessante história. 

Nimona
Noelle Stevenson
Saída de Emergência
Confesso que fui apanhado de surpresa por esta encantadora personagem. Com um traço pouco pretensioso, até poderei dizer simples, somos apresentados a um universo que nos divide muito bem e o mal. Pelo menos é o que aparenta ao principio, antes de nos virar tudo de cabeça para baixo. Uma divertida leitura que, como a personagem principal, é mais do que aparenta. 

Olimpo Tropical
André Diniz e Laudo Ferreira
Polvo
Volta e meia um gajo deve levar um soco no estômago, ajuda a por tudo em perspectiva (ah, como é bom não levar socos no estômago) e a louvar a vida convencional que tem. Com um sólido e expressivo traço, por parte de Laudo Ferreira, somos aqui lançados para um universo que já conhecemos (graças aos filmes e à TV), o das favelas Brasileiras, mas não desta forma. André Diniz, sendo o exímio contador de histórias que é, escreve aqui algo intimo e pessoal que nos faz torcer, sonhar e, claro, levar uns valentes socos no estômago.

(clicar nas imagens para as aproveitar em toda a sua extensão)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...