Este blog está correctamente escrito em português, à revelia do triste acordo ortográfico em vigor.

06/01/2018

Calendário BD de Janeiro

Dia 2
Tertúlia BD de Lisboa
Lançamento da revista H-Alt #6 e do livro O Elixir da Eterna Juventude, de Fernando Dordio e Osvaldo Medina
R. Portas de santo Antão, nº 58
Lisboa

Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
(Salvat)






Dia 4
Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
(Salvat; redistribuição com a revista Sábado e o jornal Record)











Dia 5
Os Vingadores (série II) vol. 2
(Goody)










Dia 11
Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
(Salvat; redistribuição com a revista Sábado e o jornal Record)










Dia 12
Marvel Especial (série I) vol. 4 - Deadpool #2
(Goody)





Dia 16
Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
(Salvat)

Dia 18
Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
(Salvat; redistribuição com a revista Sábado e o jornal Record)







Dia 19
Monstress volume dois: Sangue
Marjorie Liu (argumento)
Sana Takeda (desenho)

(Saída de Emergência)

Homem-Aranha (série II) vol. 2
(Goody)




Dia 25
Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
(Salvat; redistribuição com a revista Sábado e o jornal Record)








Dia 26
X-Men (série II) vol. 2
(Goody)








Lançamentos previstos
(clicar nas capas para as aproveitar em toda a sua extensão)

Devir
  


G. Floy
 

(as informações aqui compiladas foram definidas com base na informação enviada pelas editoras - quando o desejam fazer - ou disponibilizadas nos respectivos sites ou nos planos editoriais em vigor; As Leituras do Pedro não se responsabilizam por eventuais alterações; clicar nas imagens para as apreciar em toda a sua extensão)

21 comentários:

  1. O Doutor Estranho (vol. 57) da colecção da Salvat saiu dia 2? Mais uma vez no sítio onde compro vem atrasado, pois esta semana não chegou nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A data que o Pedro indicou é a correcta, mas infelizmente o livro não foi distribuído em banca (não se conhecem as razões). Talvez esta segunda-feira já chegue, assim espero

      Eliminar
    2. Ainda não, Jorge. Ontem pelas 17h passei por lá e o senhor disse o que já vai sendo habitual "ainda não veio, mas espero que chegue ainda esta semana".

      Eliminar
    3. Chegou hoje de manhã, 10 dias depois da data anunciada.

      Eliminar
    4. Não batam no mensageiro... ;)
      Boas leituras!

      Eliminar
    5. Claro que não, o Pedro não tem culpa nenhuma :)

      Eliminar
  2. Tirando os Slvat, este mês não há nada para mim.
    É um alivio para a carteira :-)

    ResponderEliminar
  3. Anónimo8/1/18 13:44

    O DR. Estranho é inédito em Portugal?

    Letrée

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo9/1/18 14:03

      Obrigado Pedro. Os meus cumprimentos

      Letrée

      Eliminar
  4. mês fraquinho (no número de edições). estavamos mal habituados.
    já dia 8 e ainda só comprei um livro!

    ResponderEliminar
  5. Hmmm, super-heróis, mais super-heróis e super-heróis e um cheirito de mangá. Isto começa fraco...

    ResponderEliminar
  6. Anónimo8/1/18 23:34

    Caramba! Mais um mês sem franco-belga?
    Mas o que se passa em Portugal?
    Não me digam que esse segmento de mercado resume-se a meia dúzia de pessoas?

    GP

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida...
      Cerca de 60%/70% das edições de BD em Portugal durante o ano são Super-Heróis...Super-Heróis...Super-Heróis...Super-Heróis...

      Eliminar
    2. Não, para o ano de 2017 os super-heróis representaram 30% da produção total, cerca de 80 lançamentos em 260 e tal edições de BD. Este ano será provavelmente um pouco mais, já que teremos um ano inteiro de Goody e a GFloy também editará mais Marvel, mas por outro lado a Salvat deixará de editar Marvel.

      Já os comics/graphic novels no geral, com origem nos EUA, representam quase metade das edições (inclui os super-heróis), e o franco-belga c. 15% (e os mangás 12%).

      Eliminar
  7. pco69, Esgar, Antonio:
    É um bo mês para ir buscar aqueles livros que a abundância obrigou a salatr em meses anteriores... ou para fazer provisões para as muitas coisas boas que vêm por aí!

    GP
    Boa altura para se deixar surpreender por outros géneros...

    Boas leituras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mais os menos isso (ir lendo o que tenho acumulado)
      Li dois da coleção Salvat (DeadPool e o Imperativo Thanos) e... cada vez tenho menos vontade de ler SHC (super herois em cuecas - meu acrónimo para comics de super heróis)

      Eliminar
    2. Caro Pedro Cleto

      Agradeço a sugestão e já li BD americana e japonesa e apreciei algumas dessas histórias como "Terry and the Pirates", "Y the Last Man", "Northlanders" e "Elfquest" no caso da americana e "Nausicaa" e "Maison Ikoku" no caso da japonesa (aliás, note-se que também nada disto está publicado em português).
      Mas, a verdade é que Manga com histórias para adolescentes e super-humanos justiceiros não me atrai muito, nem tão pouco me identifico com esses personagens.
      Respeito os autores que apreciam esses géneros mas estou algo surpreendido com a pouca publicação de BD franco-belga em Portugal, a qual ainda por cima consiste muitas vezes em reedições de séries, do que no lançamento de séries novas.
      Não percebo como é que Portugal, um país onde a BD franco-belga foi popular durante décadas (foi o primeiro a publicar Tintim fora da Bélgica, por exemplo), assiste há já alguns anos a uma pobreza franciscana no que diz respeito à publicação desse género. É verdade que os anos de ouro da franco-belga já lá vai e que muitas das melhores histórias já foram publicadas em português, mas ainda há material inédito que vale a pena publicar.
      Aliás, desconfio que o principal público da franco-belga (como eu) são pessoas trintonas, quarentonas e cinquentonas, e que cresceram a ler estas histórias. tendo em conta que muitas delas já têm profissões estáveis e bons ordenados, não deixam de ser um mercado apetecível e com dinheiro para gastar.
      Como tal não percebo a razão pela qual as editoras não apostam mais neste segmento de mercado.
      Ou há alguma coisa que esteja a faltar na minha análise que leva a que haja uma aposta maior em super-heróis e mangas para adolescentes?
      Cumprimentos
      GP

      Eliminar
    3. A resposta é super-simples. Durante anos as edições dos títulos clássicos de BD franco-belga estiveram nas mãos de editoras que se habituaram a vender MUITO de algumas séries, e que nunca investiram propriamente em renovar o catálogo com as séries modernas. Quando o fizeram (como a ASA fez durante uns anos, entre 2005 e 2010) as vendas não eram de molde a interessar as editoras. Numa editora grande, tem de vender muito mais para dar dinheiro do que numa editora pequena. Esta falta de investimento em séries que não as ultra-clássicas (Astérix, Spirou, Blake e Mortimer, Lucky Luke, etc...) levou à não renovação do público - as pessoas desabituaram-se de ler franco-belga. Os leitores mais velhos (os quarentões) provavelmente não se revêem nas séries actuais que vendem bem em França, muitas delas com fortes influências do mangá, da animação, do comic... e os mais novos nunca se habituaram à linguagem mais clássica do franco-belga e ao seu ritmo de edição.

      Eu até acredito que há séries interessantes e que venderiam. Mas venderiam 1500 que não é suficiente para a ASA se interessar. E os detentores dos direitos, os editores franceses, se calhar vêm com expectativas completamente erradas para este mercado. porque eu já falei de algumas séries que até gostava de editar, como p.ex. o Long John Silver, com os editores franceses, mas quando se fala em tiragens de 1500 a 2000 torcem o nariz. E quando se fala de juntar os álbuns 2 a 2 ou 3 a 3, ficam a olhar para nós com cara de caso.

      Porque sejamos honestos: se dá para editar Velvet e Saga e Wicked + Divine e Harrow County e Southern Bastards, deve dar para editar Il Était une Fois en France, Long John Silver, Les Beaux Étés, etc...

      Eliminar
    4. Caro José Freitas

      Agradeço a sua amabilidade em responder à minha questão sobre o que se passa de errado na BD franco-belga.
      Enfim, lá terei de me resignar a ir adquirindo títulos que aprecio em francês ou mesmo em espanhol.
      Cumprimentos
      GP

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...